Reitores do Sistema Acafe conhecem programa Crescendo Juntos

Publicidade

O programa do Governo do Estado Crescendo Juntos com foco em reduzir as desigualdades regionais foi apresentado aos reitores da Associação Catarinense das Fundações Educacionais (Acafe) nesta segunda-feira, 5, em Florianópolis. Participaram do encontro o secretário de Estado do Planejamento, Cassio Taniguchi, o diretor de Planejamento da secretaria, Luiz Carlos Mior, e o diretor de Desenvolvimento Regional e das Cidades, Norton Boppré.

“Essas regiões felizmente têm um potencial de oferta de educação no ensino básico, técnico e ensino superior. No caso do ensino superior nós temos universidades do sistema Acafe que vêm desenvolvendo um trabalho importante de formação de recursos humanos nas áreas tecnológicas. Essas fundações educacionais têm uma importância estratégica para qualificação dos recursos humanos necessários para empreender novas atividades econômicas, melhorar a qualidade e a produtividade do trabalho”, comentou Carlos Mior.

Continua após a publicidade

O programa identificou 12 regiões com baixos índices de desenvolvimento em Santa Catarina: Caçador, Campos Novos, Canoinhas, Curitibanos, Dionísio Cerqueira, Ituporanga, Lages, Laguna, Quilombo, São Joaquim, São Lourenço do Oeste e Taió. Foram analisados diversos indicadores sociais e econômicos para definir a área prioritária de atuação do Crescendo Juntos.

O mapa de elegibilidade que classifica as regiões em mais desenvolvidas, em transição e menos desenvolvidas é resultado da associação de duas variáveis capazes de medir o desenvolvimento socioeconômico de uma região ou estado: renda domiciliar per capita média da população residente na região e Produto Interno Bruto per capita. Além disso, foram considerados dois indicadores complementares: evasão da população e a dinâmica do emprego formal.

Os parceiros iniciais do Crescendo Juntos são Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE), Agência de Fomento do Estado de Santa Catarina S.A. (Badesc), Federação Catarinense de Municípios, Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina (Fiesc), Federação das Associações Empresariais de Santa Catarina, Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Santa Catarina, Federação dos Trabalhadores na agricultura do Estado de Santa Catarina e Banco do Brasil.

Rosália Dors Pessato
Assessoria de Comunicação

Publicidade