Santa Catarina vai pedir antecipação da campanha de vacinação do H1N1

Publicidade

g1A Secretaria de Estado de Saúde de Santa Catarina vai pedir, em Brasília, a antecipação em duas semanas da campanha de vacinação contra o vírus H1N1. O anúncio foi feito em reunião sobre a gripe ‘A’ em Blumenau, no Vale do Itajaí, nesta segunda-feira (28). Duas mortes foram confirmadas no município no domingo (27).

De acordo com o Ministério da Saúde, a campanha nacional está prevista para começar em 30 de abril. A Secretaria de Estado da Saúde afirmou que o secretário João Paulo Kleinübing vai viajar na quarta-feira (30) para fazer o pedido de antecipação da campanha.

Continua após a publicidade

O Ministério da Saúde afirmou, porém, que a vacina de 2016 não está pronta ainda, e que por isso uma antecipação será “difícil”.

Prevenção

A reunião, da qual participou também a secretária Municipal de Saúde de Blumenau, Maria Regina de Souza Soar, e representantes das Vigilâncias Epidemiológicas municipal e estadual, também discutiu prevenção.

Segundo a Secretaria Municipal de Saúde de Blumenau, os profissionais municipais da área serão recapacitados. Serão revistos protocolos, como atender e como tratar os pacientes.

O município também informou que tem um estoque de Tamiflu, medicamento usado no tratamento. Ele está disponível em toda a rede pública e também foi distribuído na rede privada, já para casos suspeitos.

Também será reforçada a prevenção em escolas, locais de grande circulação, unidades de saúde e empresas. Essas medidas já estão valendo, segundo a Secretaria. A Secretaria de Estado da Saúde afirmou que tem em estoque 35 mil doses de Tamiflu e que providencia mais junto ao Ministério da Saúde.

Em relação a Blumenau, o município tem oito casos confirmados de pacientes com gripe A, dois deles morreram. Há também outros oito casos suspeitos. Desses, cinco pacientes estão internados em estado grave em Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

Publicidade