SC acelera procedimentos para atrair investimento de US$ 3,5 bilhões

Publicidade

O governador de Santa Catarina, Raimundo Colombo, e o vice, Eduardo Moreira, determinaram, nesta terça-feira (13), a agilização do processo para consolidar a Zona do Processamento de Exportação (ZPE) de Imbituba (90 km ao Sul de Florianópolis)  e permitir a instalação de fábrica norueguesa de contêineres para transporte de gás liquefeito no local, com investimento previsto de US$ 3,5 bilhões.

Os dois participaram de reunião com os secretários Antônio Gavazzoni (Fazenda) e Acélio Casagrande (Articulação Nacional), e técnicos da Secretaria de Desenvolvimento Sustentável, da Companhia de Desenvolvimento do Estado de Santa Catarina (Codesc) e do Ministério de Desenvolvimento, Indústria e Comércio. “O encontro é resultado direto da conversa que tive com o ministro Armando Monteiro no início de setembro, em Brasília, para tratar da proposta”, salientou Moreira.

Continua após a publicidade

Até o final desta semana, servidores federais e estaduais participarão de encontros, em Imbituba, na Prefeitura, Associação Comercial e Receita Federal. Um dos objetivos é atualizar o Plano de Negócios da ZPE. Inicialmente, ficou decido que o modelo a ser implementado será semelhante ao utilizado no Ceará. Naquele Estado, há um projeto-âncora de US$ 5,4 bilhões e empresas satélites, com inauguração marcada para 28 de abril de 2016, adiantou Thais Dutra, da Secretaria Executiva do Ministério. “Da mesma forma como fizemos lá, pretendemos capacitar a mão-de-obra local, ampliando as condições de emprego e renda na região”, afirmou.

Porto de Imbituba - foto de assessoria
Porto de Imbituba – foto de assessoria

A informação é da assessoria.

Publicidade