SC vai implementar sistema de autenticação biométrica para emissão de licenciamento de veículos

Publicidade

*Alexandre Lenzi

O governador Raimundo Colombo participou, em Florianópolis, do 32º Congresso Estadual dos Despachantes de Trânsito do Estado de Santa Catarina. No evento, na noite deste sábado (28), ele assinou o documento que autoriza a criação de um grupo de trabalho com objetivo de implementar o projeto de autenticação biométrica (por meio de impressões digitais) para emissão de certificado de registro e licenciamento de veículos. O grupo de trabalho será coordenado pela Secretaria de Estado da Segurança Pública.

Continua após a publicidade

“Os servidores, aqueles que procuram facilitar a vida das pessoas, têm sido cada vez mais exigidos pela comunidade. Os despachantes são profissionais com quem compartilhamos o desafio de vencer um inimigo em comum, que é a burocracia. E a biometria é mais um passo, mais um avanço para facilitar a vida do cidadão catarinense. Facilitar a transferência do titular do carro é também uma forma de proteger a própria imagem e a credibilidade de cada cidadão”, destacou o governador Raimundo Colombo.

O presidente da Associação dos Despachantes Oficiais de Trânsito do Estado de Santa Catarina (Adotesc), Osnildo Osmar Silveira, agradeceu ao apoio do governador para o projeto e destacou os ganhos do novo sistema. “Essa conquista irá garantir mais segurança no registro de veículos e agilidade no processo”, afirmou.

Cenário econômico

Em seu discurso, o governador também comentou o atual cenário econômico brasileiro, reconhecendo os desafios que os estados terão pela frente. Colombo ressaltou que, diferentemente de outros estados, Santa Catarina não aumentará impostos como alternativa para aumentar a arrecadação.

“Não vamos penalizar a população. A crise é uma oportunidade para corrigir o que está errado e melhorar nossa gestão. Vamos continuar investindo e seguir atentos para oportunidades, como a do câmbio, que incentiva a exportação e vai garantir um maior número de turistas brasileiros em Santa Catarina na próxima temporada de verão. Santa Catarina tem como ser o último estado a entrar na crise e o primeiro a sair”, destacou.

*Alexandre Lenzi é assessor na Secom

Publicidade