Secretaria de Saúde de Biguaçu mobiliza-se contra o mosquito Aedes Aegypti

Publicidade

Assessoria

A equipe da Secretaria Municipal de Saúde de Biguaçu, em parceira com o Instituto de Saúde e Educação Vida (Isev), está organizando uma comissão de apoio para combate ao mosquito Aedes Aegypti, transmissor da Chikungunya, Dengue e Zika Vírus. Os profissionais da saúde, que estão dia a dia junto da população, serão capacitados para que eles auxiliem os agentes de endemias.

Continua após a publicidade

Na manhã de quarta-feira (13/01), Paulo Roberto da Silva e João Batista Soares, representantes da Vigilância Ambiental, Aline Arceno, coordenadora da Vigilância Epidemiológica, Bárbara Manoel, coordenadora da Estratégia de Saúde da Família, Francielly Pacheco, gerente técnica em Saúde, e Carolina Rech, assessora de comunicação do Isev, reuniram-se para traçar estratégias de ampliação das ações de combate ao Aedes. A primeira delas será uma capacitação ministrada pelas Vigilâncias Ambiental e Epidemiológica, para os Agentes Comunitários de Saúde, enfermeiros da Estratégia de Saúde da Família e profissionais do Núcleo de Apoio à Saúde da Família e Programa Melhor em Casa.

“O aumento significativo das temperaturas e do volume de chuvas possibilita condições muito favoráveis para reprodução do mosquito transmissor da Dengue e do Zika Vírus, o muito nos preocupa. Por isso essas ações que intensificam o combate ao mosquito são muito importantes”, declara o secretário municipal da Saúde, Ângelo Ramos Vieira.

“Queremos atingir o número máximo de pessoas, pois gostaríamos que toda a população de Biguaçu tenha a oportunidade de se informar e conhecer o Programa de Controle ao Aedes Aegypti, tornando-se parceira nesta luta contra a dengue”, ressalta o prefeito Ramon Wollinger.

A Vigilância Ambiental disponibilizou alguns kits com material educativo e telas capas para caixa d’água de 500 litros e 1000 litros, que serão distribuídas gratuitamente. Os munícipes que estiverem interessados nas capas devem procurar a Unidade Básica de Saúde mais próxima de sua residência ou a Vigilância em Saúde, no setor Ambiental, na Rua Lages, nº 498, bairro Praia João Rosa.

Publicidade