TRE alerta eleitores para a obrigatoriedade do cadastramento biométrico

Publicidade

O Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina – TRE/SC realiza campanha de cadastramento biométrico obrigatório de eleitores em 43 municípios de Santa Catarina. Nestas localidades, quem não realizar o cadastro terá o título de eleitor cancelado e, além de não poder votar, ficará sujeito a sanções como a impossibilidade de obter a certidão de quitação eleitoral, renovar passaporte e tomar posse em cargo público. Para ver a relação e prazo de comparecimento, clique aqui.

O trabalho já foi concluído nos municípios de Águas Mornas, Angelina, Anitápolis, Antônio Carlos, Biguaçu, Blumenau, Florianópolis, Governador Celso Ramos, São Pedro de Alcântara, Joinville, Major Gercino, Nova Trento, Palhoça, Paulo Lopes, Rancho Queimado, Santo Amaro da Imperatriz, São Bonifácio, São João Batista e São José.

Continua após a publicidade

Nos demais municípios, o comparecimento não é obrigatório, mas é fundamental que o eleitor se apresente o quanto antes. Isso porque o cadastramento biométrico servirá como base de dados da Identificação Civil Nacional (ICN), documento único que reunirá as informações do cidadão. A Justiça Eleitoral é responsável por armazenar e gerir essa base de dados.

Para evitar filas, o atendimento em todos os municípios deve ser agendado pelo site do TRE-SC: Agendamento do Atendimento. Para fazer a biometria, o eleitor deve apresentar documento de identificação com foto, comprovante de residência recente e comprovante de alistamento militar – para os homens maiores de 18 anos e que vão fazer o primeiro título.

Publicidade