William retorna aos trabalhos com grupo do Avaí

Publicidade

Avaí treinando - André Palma Ribeiro-Avaí F. C.Os jogadores do Avaí voltam aos treinos nesta quarta-feira (11), no estádio da  Ressacada, a partir das 9h. Depois da derrota para o Atlético Paranaense por 2 a 1, no último sábado, o elenco avaiano teve dois dias de fola e se reapresentou nesta terça-feira para os treinos visando o confronto com o Joinville, no dia 18, em Florianópolis.

O grupo realizou atividades regenerativas na academia do clube e também de prevenção a lesões. Após, os atletas participaram dos exercícios de transição, com corridas em volta do gramado e também com circuito físico. A novidade da tarde foi o trabalho do atacante William com o restante dos atletas. O jogador, que passou por uma cirurgia no tornozelo, está no departamento médico há mais de três meses e está em fase final da recuperação.

Continua após a publicidade

William acredita que o período de treinos de dez dias será bom para ele poder se recuperar: “Para mim foi bom. Como entrei na reta final de transição, isso facilita. Já fiz dois treinos com o pessoal que não foi para o jogo do Atlético. Me senti bem, mas ainda tenho uns pontos de dores. Segundo o doutor Funchal é normal. Agora é trabalhar para ajudar a equipe nessa reta final”, afirmou, por meio da assessoria do clube.

Quanto ao próximo adversário, William sabe da importância e espera casa cheia: “É o jogo do Avaí. Tem que ser o nosso jogo. Os adversários encostaram e temos um confronto direto. O nosso torcedor tem que entender isso. Temos que encher a Ressacada, nós precisamos deles mais do que nunca, precisa incentivar até o final. E nós precisamos pegar esse espírito de que são quatro finais. É um confronto direto e nós temos que matar esse adversário. É vida ou morte nosso próximo adversário”, disse.

Publicidade