A profissão de contabilista é uma das áreas que mais precisa, constantemente, se adaptar às mudanças, na era da informação, para acompanhar a evolução dos mecanismos fiscais. Mais do que mudanças, avanços. E neste dia 12 de janeiro – Dia do Empresário Contábil – é válido estimularmos uma reflexão sobre o papel deste empreendedor nos tempos atuais.

A modernização das empresas fez crescer a demanda por contabilidades que conhecem bem o complexo sistema tributário brasileiro. Escritórios contábeis especializados são capazes de elaborar um plano eficiente para o correto controle da movimentação patrimonial de seus clientes. O apoio contábil se tornou uma peça fundamental na engrenagem empresarial, servindo como base para o fortalecimento e crescimento das instituições, sendo o principal apoio na logística tributária e social diante das decisões que acometem o empreendedor.

Publicidade

Diante de um mercado altamente competitivo, as contabilidades tiveram que se adaptar e utilizar de seus conhecimentos para suprir novas demandas das empresas. Levando em conta que administrar uma empresa vai além do conhecimento de seu produto ou serviço, o conhecimento contábil, muitas vezes, é o braço direito do empreendedor, tomando a frente na obtenção de informações que facilitem a tomada de decisões. Cabe, sim, a nós contadores, buscar entender como está a evolução do negócio do cliente, acompanhar a rentabilidade do investimento e aconselhar de forma precisa na aplicação do capital, aprimoramento ou mesmo para o crescimento da empresa e apresentando demonstrações contábeis plausíveis para tomada de decisão.

Lidar com o fisco também é especialidade do profissional contábil, que entende suas exigências e cruzamento de informações. O contador faz uso do amparo tecnológico, que força as empresas a elaborarem um controle mais rígido, um planejamento de gestão, fiscal e tributário, que minimiza a possibilidade de erros e consequentes prejuízos.

Para 2018, os escritórios contábeis precisam aliar tecnologia e gestão, devem antecipar cenários e propor soluções. Também é essencial estar atento às mudanças na legislação, portanto se manter informado e atualizado é imprescindível.

* Marcos Cardoso Canto é contabilista, empresário e diretor da Base Contabilidade, em Palhoça. Também é o atual Presidente da ACIP – Associação Empresarial de Palhoça.

Publicidade