Comerciante de cidade atingida pela lama perde R$ 60 mil que estavam embaixo da cama

Publicidade

O comerciante José Barbosa dos Santos, dono da maior mercearia do distrito Bento Rodrigues, em Mariana (MG), perdeu R$ 60 mil que ele guardava embaixo da cama. Desde de que houve o confisco da poupança no governo Collor, ele ficou ressabiado e passou a guardar o dinheiro em casa. E, junto com a lama, foi embora também a economia da família.

“Seu eu fosse buscar, eu morria. Eu vou morrer? Eu vou rachar é fora. Achei melhor rachar fora que morrer por causa de dinheiro, né?”, conta.

Continua após a publicidade

Seu José guardava o dinheiro para comprar um carro zero. Ele tem um Fiat Strada e com ela conseguiu salvar muita gente. “Umas 15 pessoas foram aqui dentro”, lembra.

O comerciante passa o dia a espera de notícias da casa para onde ele vai com a família. Ele conta que perdeu amigos, o comércio, a casa e aquela boa quantia de dinheiro.

Distrito foi tomado pela lama da usina Samarco e ficou completamente destruído (Foto: UOL)
Distrito foi tomado pela lama da usina Samarco e ficou completamente destruído (Foto: UOL)

Com informações da Globo Minas

Publicidade