Governador Celso Ramos vacina adolescentes neste fim de semana e aplica 2ª dose nos adultos

Publicidade

A Prefeitura de Governador Celso Ramos, por meio da Secretaria de Saúde e Saneamento, prosseguirá com a imunização contra a Covid-19 no município. A campanha acontece nesta quinta-feira (21), sexta-feira (22) e sábado (23), das 8h30 às 16h, em sistema drive-thru na Avenida Augusto Prolik, em frente à Fundação do Meio Ambiente de Governador Celso Ramos (FAMGOV), no Bairro Palmas. Para se vacinar, basta levar os documentos exigidos e se enquadrar no grupo ou faixa etária de vacinação.

Nesses dias, serão aplicadas primeiras doses em adolescentes de 12 a 17 anos e adultos de 18 anos ou mais, segundas doses da Pfizer (8 semanas), Coronavac (28 dias) e Oxford/AstraZeneca (10 a 12 semanas), além de doses de reforço (terceira dose) para maiores de 60 anos (6 meses de intervalo), imunossuprimidos (28 dias de intervalo) e Profissionais da Saúde (médicos, enfermeiros e técnico de enfermagem, dentistas, auxiliares de dentistas e bombeiros).

Continua após a publicidade

O adolescente deverá estar acompanhado por adulto maior de 18 anos, pais ou responsáveis, que podem consentir de maneira verbal a autorização da imunização. Não será vacinado o adolescente que estiver desacompanhado de um adulto maior de idade.

Em paralelo, estão sendo vacinadas pessoas de outros grupos prioritários que ainda não receberam a primeira dose do imunizante, como os profissionais da Educação, pessoas com comorbidades e/ou deficiência permanente, e trabalhadores da segurança pública.

DOCUMENTAÇÃO

Para receber a vacina, é necessário residir no município e, no dia da aplicação, levar documentos pessoais. Veja a lista abaixo:

  • Qualquer documento com foto (carteira de identidade, por exemplo);
  • CPF;
  • Carteira Nacional do SUS;
  • Atestado ou exame que comprove a comorbidade ou deficiência permanente;
  • Comprovante de Residência (no nome dos pais ou responsáveis, em caso de menores);
  • Declaração de moradia emitida pela agente de saúde do bairro (caso não tenha um comprovante de moradia no nome de quem vai receber a dose de vacina ou dos pais ou responsáveis, em caso de menores).
Publicidade