SC tem a menor taxa de homicídios do país de acordo com relatório nacional

Publicidade

Santa Catarina registrou 587 mortes em 2014 e ocupa a primeira posição como Estado com a menor taxa de homicídios do país – são 8,7 assassinatos para cada grupo de 100 mil habitantes. Os dados estão no relatório Diagnóstico dos Homicídios no Brasil: Subsídios para o Pacto Nacional pela Redução de Homicídios, divulgado na quinta-feira, pela Secretaria Nacional de Segurança Pública, do Ministério da Justiça.

A região com a maior taxa de homicídios por 100 mil habitantes do país é o Nordeste (33,76), seguida da Região Norte (31,09) e do Centro-Oeste (26,26). As regiões Sul e Sudeste apresentam as menores taxas 14,36 e 16,91, respectivamente.

Continua após a publicidade

“Para se ter uma noção comparativa no âmbito internacional sobre essa taxa, países com históricos de guerra civil, como o Congo (30,8), e com altas taxas de homicídio associadas ao narcotráfico, como a Colômbia (33,4), possuem taxas menores que a do Nordeste brasileiro”, informa o relatório.

Para o secretário da Segurança Pública, César Augusto Grubba, a estatística  de homicídio hoje é o principal indicador de criminalidade utilizado no mundo moderno. “Homicídio é um crime que afronta o maior bem jurídico protegido pelo ordenamento pátrio, qual seja, a vida. O somatório de esforços das forças de segurança nos garante a continuidade e o aperfeiçoamento das políticas de prevenção e repressão”, disse Grubba

De acordo com o Ministério da Justiça, a intenção do documento é que funcione com uma ferramenta de gestão para os estados no enfrentamento da criminalidade observando as coincidências entre as altas taxas de homicídio e outros problemas sociais, econômicos e culturais. Os dados são do Sistema Nacional de Informações de Segurança Pública (Sinesp) de 2014, informa a assessoria de comunicação.

Publicidade