Semana da conciliação em Florianópolis homologou R$ 14 milhões em acordos

Publicidade

Números ainda preliminares dão conta da homologação de acordos que suplantaram a marca de R$ 14 milhões, durante as audiências na Semana Nacional da Conciliação em Santa Catarina.  A maior parte foi na área da Fazenda Pública, com o resgate de tributos municipais até então em atraso.

Segundo o desembargador Jânio de Souza Machado, coordenador estadual do Sistema dos Juizados Especiais e Programas Alternativos de Solução de Conflitos do TJSC, o evento foi marcado pelo sucesso, principalmente a partir das parcerias estabelecidas com outros órgãos públicos e representantes da sociedade civil e Forças Armadas.

Continua após a publicidade

O prefeito da Capital, César Souza Júnior, parceiro na empreitada, registrou sua satisfação com o trabalho desenvolvido ao longo da semana, principalmente ao saber que os cofres municipais serão irrigados com aproximadamente R$ 10 milhões, após as três mil audiências realizadas no âmbito do Cejusc.

Florianópolis, segundo os organizadores, foi responsável por 2/3 dos valores arrecadados durante a semana entre todas as comarcas envolvidas no evento. “Que esse exemplo não se perca”, rogou o alcaide, ao sugerir a transformação desta iniciativa em um modelo permanente.

A juíza de 2º grau Janice Ubialli, igualmente envolvida na organização da Semana, adiantou o desejo do Judiciário em ampliar as parcerias nas próximas edições e levar este envolvimento da sociedade para as demais regiões do Estado. Os números finais da Semana Nacional da Conciliação em Santa Catarina serão tabulados e divulgados na próxima semana.

As informações são do TJSC.

Publicidade