Sicredi espera crescimento de mais de 25% para 2018 em SC

Unidade do Sicredi de Biguaçu (Foto: Arquivo Biguá News)

Dariele Gomes/ND – Sustentada pela união das pessoas que acreditam no fortalecimento em grupo, o Sicredi, instituição financeira cooperativa, estima que em 2018 o crescimento seja superior a 25% em Santa Catarina, e mantenha o crescimento sustentável registrado em 2017, quando fechou o ano com um saldo de R$ 3,15 bilhões, o que corresponde 35,16% nos ativos totais, comparado ao ano de 2016, segundo o diretor executivo da Central Sicredi Sul/Sudeste, Gerson Seefeld.

Os números foram divulgados na manhã desta quarta-feira (7), em coletiva de imprensa no Hotel Mercure, em Florianópolis, evento que também contou com a presença do vice-presidente da Central do Sicredi, Márcio Port. Para 2018, a Cooperativa projeta que sejam abertas mais 12 agências no Estado, oito delas em novos municípios, totalizando 118 agências em Santa Catarina.

Conteúdo impulsionado

“Vemos esse crescimento gradativo, num caminho inverso dos bancos tradicionais, que estagnaram ou decaíram junto com a economia. Precisamos entender que o Sicredi não é de uma pessoa só, mas de todos que são cooperados. Assim, todos ganham. Essa forma de mostrar nos números que estamos com bons resultados é uma forma de nos tornamos mais fortes”, explica Port, destacando que a cooperativa de crédito só deve crescer cada vez mais com a força das pessoas que entendem o cooperativismo e acreditam nessa força coletiva.

Port falou ainda sobre a credibilidade das pessoas com a Cooperativa, que ainda a forma da divulgação boca a boca ainda é a que mais aproxima a população junto ao Sicredi. “Promessas cumpridas e cooperados satisfeitos, isso faz com que uma pessoa comente com a outra, e assim os cooperados vão aumentando. No Brasil já são mais de 3,7 milhões, presentes em 21 estados. Esse trabalho de abelhinha que nos torna grandes e fortes”, comenta Port.

Seefeld falou sobre a capacidade de enxergar no problema a oportunidade de crescer. “Justamente em situações onde a economia mostra dificuldades é que deveremos ter olhos para perceber as oportunidades. É importante que neste momento econômico, nosso trabalho esteja voltado ao fortalecimento das parcerias, gerando valor e renda aos associados”, destacou o diretor.

Foi divulgado também na coletiva, que em 2017, as 15 cooperativas de Santa Catarina, filiadas ao Sistema Sicredi, registrara, crescimento de 8,96% Pessoa Física e de 15,15% na Pessoa Jurídica, somando mais de 183 mil associados. Houve também reflexo no aumento total de pontos de atendimento para 106, com presença em 80 municípios catarinenses, o que representa 27% do Estado. O patrimônio líquido superou os R$ 364,44 milhões, uma evolução de 40,61% sobre o ano anterior.

Seefeld falou ainda da tecnologia como aliada e facilitadora, destacando que ainda para este ano, a máquina de pagamento Pague Com deve ter um maior alcance, já que desde o início de novembro está ativo e presente em 20 mil estabelecimentos do Brasil, facilitando as transações. Falou ainda sobre a plataforma digital que deve ser lançada em abril deste ano.

Números de 2017 Sicredi SC:

Poupança: R$ 322,82 milhões

Associados: 183 mil

Patrimônio Líquido: R$ 364,44 milhões

Ativos Totais ADM: R$ 3,15 bilhões

Crédito Rural: R$ 304,94 milhões

Crédito Geral: R$ 2,16 bilhões

Depósitos Totais: R$ 1,85 bilhão

Resultado acumulado: R$ 85,57 milhões

Conteúdo impulsionado