Teatro de Animação reúne mais de 300 alunos em Biguaçu

Publicidade

Biguaçu recebeu, na segunda-feira (22), a 11ª edição do Festival Internacional de Teatro de Animação (Fita). O evento que reúne companhias de teatro do mundo inteiro aconteceu pela terceira vez na cidade e fez parte da programação de 184 anos de emancipação político-administrativa de Biguaçu. Mais de 300 alunos e professores prestigiaram o evento.

A apresentação da peça “Redescobrindo Lautrec” da Cia Nina Vogel de São Paulo aconteceu no auditório da Universidade do Vale do Itajaí (Univali), no Jardim Carandaí.

Continua após a publicidade

O espetáculo contou a história de uma jovem que encontra o pintor Henri de Toulouse-Lautrec fragmentado em um armário e descobre que a maneira de o trazer à vida seria emprestando-lhe suas pernas e braços. À medida que o personagem é desenvolvido, ele redescobre suas limitações físicas num mundo desconhecido e com novas tecnologias. A aparência física, causada por uma doença congênita, faz o pintor sentir extremamente rejeitado pela vida, mas também o faz redescobrir o amor.

Biguaçu recebeu pela terceira vez o FITA (Foto: Paulo Rodrigo Ferreira – Dicom PMB)

A delicadeza, os movimentos precisos e o doce olhar dos personagens aproximaram o público fazendo-o perceber o lado mais humano do pequeno artista.

Estiveram presentes a vereadora Salete Orlandina Cardoso, o secretário de cultura, esporte, turismo e lazer, Ronnie Marks Marciel e o gerente de cultura, Júnior Moresco.

Além de Biguaçu, o Fita acontece nas cidades de Balnerário Camboriú, Florianópolis, Joinville, São José e Siderópolis.

Informações sobre o festival e espetáculos podem ser acessadas no site oficial. 

Publicidade