Biguaçu tem sala de audiências especial para crianças vítimas e testemunhas de abuso

Publicidade

As crianças vítimas de violência sexual em ações criminais e as implicadas em conflitos familiares têm, a partir deste mês, um espaço especial na Comarca de Biguaçu. Elas passam a ser ouvidas em uma sala reservada e decorada especialmente para esse fim, idealizada pela juíza Gabriela Sailon de Souza Benedet, titular da Vara Criminal, com o esforço e dedicação das assistentes sociais da comarca.

A magistrada destacou que o local, embora modesto e pequeno, é bastante acolhedor e mais adequado que uma sala comum de audiências, pois permite que a criança se sinta mais à vontade para se expressar. No espaço há brinquedos, inclusive bonecos e espaços representando casa e família, além de material para pintura e desenho, informa a assessoria do Tribunal de Justiça de Santa Catarina.

Continua após a publicidade

sala temática Forum de Biguaçu

Publicidade